Em nota a Modal, Rumo reitera que os investimentos no RS estão atrelados à demanda

0
459
Foto:Divulgação

Em nota a Modal, a Rumo (ex-ALL) reitera que os investimentos futuros da companhia devem estar atrelados a contratos de longo prazo com os clientes futuros, devido ao fato de que o modal ferroviário exige investimentos elevados de infraestrutura e operacional. É a seguinte a íntegra do texto enviado pela assessoria de imprensa da companhia:
“A concessionária vem negociando com o governo, por meio da Agência Reguladora, um pacote de investimentos para suas quatro concessionárias (Malhas Sul, Paulista, Norte e Oeste). Esse plano, a curto prazo, tem como foco a segurança e o aumento da eficiência operacional e a longo prazo o aumento de capacidade e volume.

Contudo, a empresa esclarece que o transporte ferroviário está atrelado à demanda comercial.  Nesse sentido, para iniciar um estudo de viabilidade econômica no Rio Grande do Sul é imprescindível que haja contratos de transporte ferroviário de longo prazo com os clientes, já que o modal ferroviário exige investimentos elevados de infraestrutura e operacional.

É importante destacar ainda que a viabilidade desse transporte depende ainda de investimentos e capacidades nos terminais de transbordo, assim como investimentos nas estruturas de carregamento, como forma de garantir a eficiência da operação ferroviária.

A companhia continua trabalhando com foco em construir um caminho sustentável para a ferrovia. Prova disso é que vem se reunindo frequentemente com o governo do Rio Grande do Sul, para que de forma conjunta, sejam estabelecidas medidas necessárias para a elaboração de um estudo com o objetivo de identificar e adequar todas as ações em busca de aprimorar a prestação do serviço transporte ferroviário de cargas.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui