Ameaça de paralisação da ponte do Guaíba e da BR-116 mobiliza bancada federal gaúcha

0
466
Divulgação/Gabinete do deputado Giovani Cherini

Preocupados com a falta de recursos para a continuidade das obras de rodovias federais no Rio Grande do Sul, a bancada federal gaúcha reuniu na quarta-feira, em Brasília, o secretário de gestão do Ministério dos Transportes, Luciano Castro, e o diretor geral do Dnit, Valter Casimiro Silveira, para reivindicar a liberação imediata de R$ 70 milhões de suplementação para a obra da ponte do Guaíba e R$ 30 milhões para a BR-116. Ao total, a bancada reivindica R$ 300 milhões para as obras federais em execução no RS, incluindo a BR-386.
De acordo com o presidente do Sicepot-RS, Ricardo Portella, “as obras da BR-116 deverão parar totalmente em 31 de julho, caso o governo federal não libere de forma imediata, no mínimo, R$ 10 milhões para o gerenciamento ambiental e a fiscalização”.  A partir da liberação desses recursos, segundo o dirigente,  será possível retomar as obras dos lotes 5, de responsabilidade da Brasília-Guaíba, e do lote 7, da Sultepa. Outros R$ 50 milhões garantiriam a continuidade dos trabalhos até o final do ano.

Licitada em 2010, a obra estava inicialmente prevista para ser concluída em 2013. Hoje tem apenas 55% dos trabalhos executados, faltando cerca de R$ 500 milhões para a sua conclusão, segundo estimativa do Sicepot-RS.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui