BRDE almeja tornar permanente o programa focado em municípios

0
14
Luiz Corrêa Noronha do BRDE/Foto/Divulgação

As prefeituras dos três estados da Região Sul poderão contratar novas linhas de crédito do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), que totalizam R$ 750 milhões. Para o Rio Grande do Sul, os recursos alcançam R$ 250 milhões.

Conforme o diretor de planejamento e financeiro do BRDE, Luiz Corrêa Noronha, em 2015 o programa contava com investimentos de R$ 180 milhões, dos quais R$ 60 milhões no RS. Recentemente, com inclusão de novas regras financeiras, o BRDE Municípios foi reestruturado e ampliou o volume de recursos disponíveis.

“Buscamos novas fontes de crédito e estamos abrindo essas linhas aos prefeitos na forma de um programa integrado. É como se fosse um cardápio, cada linha tem a sua característica, tem uma origem, tem um custo e um prazo. Os R$ 750 milhões estão garantidos, mas nós vamos buscar mais. O principal é que estamos com negociações nacionais e internacionais para tornar esse programa permanente, que é como a gente acredita que deva ser o fomento municipal”, salientou Noronha.

Programa BRDE municípios

Busca promover o desenvolvimento institucional e a infraestrutura econômica, social e turística, urbana e rural. Facilita o atendimento de demandas locais por serviços básicos e bens públicos, contribuindo para a elevação da qualidade de vida e para a introdução de melhores práticas de gestão e sustentabilidade. Os recursos permitem financiamentos por intermédio de subprogramas e itens como:

Cidades sustentáveis: Projetos municipais ambientais e sustentáveis, que se enquadrem no Programa BRDE PCS – Produção e Consumo Sustentáveis, tais como energias limpas e renováveis, eficiência energética, iluminação pública (através de lâmpadas de led), ciclovias, reciclagem e tratamento de resíduos urbanos, entre outros.

Infraestrutura municipal: Obras de infraestrutura, mobilidade urbana e saneamento, entre outros segmentos.

Máquinas e equipamentos rodoviários: Máquinas novas nacionais, usinas asfálticas, retroescavadeiras, rolos compressores, entre outros equipamentos.

Segurança pública: Projetos que promovam a segurança pública, tais como aquisição de equipamentos nacionais e importados, serviços técnicos especializados, ações de treinamento, entre outros.

Mais turismo: Projetos voltados para a melhoria da infraestrutura e dos serviços de atendimento aos turistas.

Desenvolvimento regional: Investimentos municipais previstos em Planos Regionais de Desenvolvimento

Mais de R$ 4 bi em investimentos

De acordo com o balanço de 2017, o BRDE viabilizou investimentos de R$ 4,071 bilhões em grandes e pequenos negócios de todos os setores econômicos na Região Sul, criando ou mantendo 33.065 empregos diretos e indiretos, 17.925 deles no Rio Grande do Sul, que respondeu por R$ 903 milhões das contratações do banco no ano.

O BRDE está presente em 1.073 municípios da Região Sul (90% do total dos municípios), mantendo 35.366 clientes ativos. As operações do banco também geraram ICMS incremental de R$ 359 milhões aos estados-controladores: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui