Friozem Logística pretende dobrar movimentação no RS em dois anos

0
458
Fábio Fonseca Filho, diretor-presidente da Friozem Crédito: Divulgação

A Friozem Logística, especializa no transporte de cargas que necessitem de temperatura controlada, como alimentos congelados, resfriados e climatizados, com sede em Barueri (SP), avançou definitivamente para região Sul, com um CD (Centro de Distribuição) em Esteio, na região metropolitana de Porto Alegre, que opera desde julho deste ano. Em agosto do ano passado, a empresa abriu um CD em Curitiba.

Como concentra 95% das suas movimentações no mercado interno, Santa Catarina não aparece na lista de oportunidades, pois o estado é forte na exportação de alimentos. Em entrevista à Modal, o diretor-presidente, Fabio Fonseca Filho, disse que pretende dobrar a movimentação do CD de Esteio para chegar a 20 mil toneladas/mês num prazo de dois anos.

Investimento de R$ 5 milhões

O imóvel de Esteio, situado ás margens da BR-116, pertencia a Brado, especializada em soluções logísticas, ligando regiões centro-oeste, sudeste e sul com os principais portos com uma frota de 13 locomotivas, 2,4 mil vagões e mais de 3 mil contêineres, e que desde 2015 passou a fazer parte da Cosan Logística. Com 20 mil metros quadrados de área coberta, 173 mil metros cúbicos de armazenamento e 27 mil posições-paletes, o novo CD exigiu investimento de R$ 5 milhões.

A Friozem herdou a carteira de clientes da Brado, absorveu os funcionários, além dos equipamentos, mas a médio prazo deverá ter um total de 150 profissionais. “O objetivo neste primeiro momento é consolidar a operação de Esteio, atendendo toda região metropolitana e interior do estado”, ressalta Fábio Fonseca.

Expansão continua

Além de Esteio e Curitiba, a Friozem tem instalações em Recife, Fortaleza, Salvador e Belo Horizonte, e não descarta a possibilidade de continuar avançando sobre o território brasileiro, desde que haja consumo e população. A estimativa é encerrar o segundo semestre de 2017 com faturamento de R$ 70 milhões e fechar o ano com receita total de aproximadamente R$ 120 milhões.

A empresa foi fundada em 1978, na cidade de Jandira (SP), numa época em que havia necessidade do governo federal de promover a armazenagem de carne congelada para a formação de estoques reguladores. Segundo o fundador da empresa, Fábio Fonseca, o governo comprava carne bovina dos matadouros durante a safra e guardava o produto congelado nos armazéns frigoríficos. Quando chegava a entressafra, vendia novamente o produto aos mesmos matadouros, pelo exato preço que comprara meses antes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui