Ouro Negro Energia planeja agilizar licenciamento ambiental para o início imediato de obras

0
3156
Silvio Marques Dias Neto

Com os estudos ambientais aprovados em audiências públicas realizadas em Pedras Altas, Candiota e Bagé, e parecer favorável do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis ), a Ouro Negro Energia aguarda para os próximos 60 dias a emissão da LP da UTE Ouro Negro.

Com o objetivo de participar do próximo de leilão de energia A-5, após a emissão da LP, a empresa contratará o plano básico ambiental para a LI. “Caso nosso projeto seja vencedor no certame, com a LI ganharemos um bom tempo e assim poderemos iniciar as obras logo em seguida à homologação do leilão”, afirmou o presidente da Ouro Negro Energia S.A.  Silvio Marques Dias Neto, em entrevista a MODAL. O prazo de conclusão das obras é estimado entre quatro e cinco anos.

Um dos mais ambiciosos projetos do país, de geração de energia elétrica a partir do carvão mineral, a UTE Ouro Negro, de 600 MW, é estimado em U$$ 1 bilhão, A estrutura de capital, em processo de discussão, prevê a participação de 80% de empresas chinesas, incluindo linhas do Banco de Desenvolvimento da China, uma espécie de BNDES chinês, e outras instituições de crédito, outros 10% de recursos do BNDES e o restante de capital próprio dos acionistas.

Além dos recursos financeiros, serão da indústria chinesa a maior parte dos equipamentos necessários para a construção da usina. O projeto foi desenvolvido pela equipe engenharia da Ouro Negro Energia junto com o Instituto de Engenharia Nwepdi (Northwest Eletric Power Designe Institute).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui