Prestadores de serviços de logística começam a despertar para a TI

0
129

Em plena fase da Logística 4.0, que deverá levar o setor para um novo patamar tecnológico, de grande impacto na redução de custos, no Brasil este conceito ainda é aplicado apenas em uma pequena parcela das empresas. Há, contudo, sinais animadores, entre os prestadores de serviços, de uma procura crescente pela tecnologia da informação no sentido de  melhorar o controle e visibilidade e aumentar a produtividade por meio de automatização.

Pelo menos esse é o diagnóstico de Angela Gheller Telles, diretora dos segmentos de manufatura e logística da Totvs, empresa líder no mercado nacional no fornecimento de softwares para supply chain.

Em sua opinião, existe uma clara diferença entre embarcadores e prestadores de serviços logísticos no Brasil.  A indústria em geral está mais avançada. Além do desafio constante de evoluir sua excelência operacional nos processos produtivos, em especial com a crescente evolução da 4º revolução industrial, ainda assim vem dedicando atenção e investimentos na gestão, avalia a executiva em entrevista a Modal. “Fatores como o uso de just in time e a crescente pressão por prazo por parte dos clientes exige esta atenção. Além disso, a logística em geral representa um alto custo e muitas vezes é estratégica para o negócio, pois envolve capilaridade, tempo de resposta e logística reversa, entre outros.” .

“No caso dos prestadores de serviços, apesar de uma fase ainda incipiente, a tendência é irreversível”, pontua a executiva. Ela destaca o fato de que as empresas que investem em tecnologia oferecem aos seus clientes soluções de colaboração, mobilidade e maior flexibilidade. “E as que não oferecem estão ficando para trás e correm um grande risco de perder mercado.”

A Totvs é uma multinacional brasileira de tecnologia, especializada no desenvolvimento de soluções de negócios para empresas de todos os portes e segmentos. É líder absoluta no mercado voltado a pequenas e médias empresas (SMB) na América Latina, com mais de 50% de marketshare no Brasil.

A companhia atende a  11 segmentos de mercado: agroindústria, manufatura, distribuição e logística, varejo, financial services, construção e projetos, jurídico, educacional, saúde, serviços e microempresas.

Desde outubro de 2012 a Totvs possui um laboratório de inovação, o Totvs Labs, no Vale do Silício (EUA), focado no desenvolvimento de novas tecnologias e soluções de Cloud Computing, Social Media, Big Data, Inteligência Artificial e dispositivos móveis. Com uma equipe de 22 pessoas, entre designers, cientistas e engenheiros de diferentes países, como Brasil, EUA, China, Rússia e Índia, a unidade americana ainda. Em 2017, a receita líquida da Totvs cresceu 2%, somando R$ 2,2 bilhões,

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui