Apagão no Amapá reforça debate sobre importância da manutenção preventiva em usinas

0
141

O apagão recente do Amapá que deixou um estado com cerca de um milhão de habitantes sem energia elétrica, ainda causa indignação. Em todas as manifestações existe pelo menos uma unanimidade: houve falha na manutenção dos equipamentos e negligência que nasceu de uma combinação de linha fraca, subestação única e falha na manutenção.  É dessa forma que o especialista em manutenção de equipamentos elétricos, Jairo Benedito Cardoso, avalia as causas que provocaram o desastre que atingiu todo o estado durante 22 dias.

Conforme o especialista, a manutenção tem um papel fundamental, seja no setor elétrico ou em qualquer outro que dependa da disponibilidade dos equipamentos, na prevenção de prejuízos e acidentes decorrentes do mau funcionamento de um ou mais componentes. Além do desgaste gradual, os equipamentos podem falhar, sem motivo aparente e de forma inesperada. Todavia é possível diminuir o impacto e as consequências dessas falhas seguindo um conjunto de ações técnicas que permitem manter ou recompor uma situação de falha sem grandes consequências, acrescenta.

Lembra ainda Benedito, que  o gerenciamento de ativos IAM  (Industrial Asset Management)  é um conceito relativamente novo que crescentemente tem sido adotado por empresas espalhadas pelo mundo , uma vez que otimiza a performance técnica e econômica da planta, acelera o retorno do investimento em equipamentos e cria valor para a empresa.

No ramo do seguro, a preocupação do segurado é manter o sistema de proteção nas melhores condições possíveis, diz o especialista.  “Se você é dono de uma usina de qualquer fonte  e não faz manutenção adequada dos equipamentos, corre um risco desnecessário e nem mesmo a contratação de um seguro pode garantir a indenização” diz Anderson Cardoso, CEO da Acesso Brasil Seguros.

Existem, três tipos de manutenção em sistemas elétricos: Manutenção preventiva, preditiva e corretiva: A preventiva, como o nome já diz, é realizada a fim de prever e evitar possíveis danos prolongando a vida útil dos componentes e dos equipamentos. A preditiva está inserida no contexto de manutenção condicional. Após avaliar por meio de análise de dados um comportamento irregular que o elemento está apresentando, é possível determinar o momento certo para uma intervenção.  Já a corretiva ocorre quando o equipamento falha ou para totalmente. Não deveria ser utilizada, pois, o ideal é que através das manutenções preventivas e preditivas, os problemas incipientes sejam prevenidos, reduzindo a necessidade de intervenções de emergência.

“No caso de sinistros em equipamentos elétricos ou em outros tipos de máquinas, a cobertura de dano material é feita por meio do seguro de risco operacional ou risco nomeado que pressupõe a manutenção dos equipamentos, como condição indispensável para garantir uma eventual indenização” diz  Cardoso e complementa: “Se o segurado não comprovar que seus equipamentos passaram pela manutenção recomendada pelo fabricante, ele não terá direito à indenização.”

De acordo com Cardoso, o seguro garante até o limite máximo de indenização ou sublimites por cobertura . Na hipótese de sinistro decorrente de risco simultaneamente amparado por várias coberturas, prevalecerá aquela que for mais favorável ao segurado, a seu critério, salvo se convencionado em contrário nas condições especiais ou coberturas adicionais, não sendo admitida, em hipótese alguma, a acumulação de coberturas e seus limites máximos de indenização.

” Quando um equipamento não recebe monitoramento, a consequência é a diminuição ou a paralisação da produção, com pausas que podem resultar em grandes perdas. O que ficou de lição com este episódio foi mostrar o quanto a manutenção preventiva é de extrema e indispensável importância. Ela visa garantir que a usina opere sem nenhuma dificuldade, além disso, zela pela qualidade dos equipamentos dando uma maior previsibilidade dos processos produtivos. Assim, riscos de eventuais perdas ou interrupção da produção são minimizados.”

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui