Arkenergy, fabricante de turbinas de Arquimedes, vai ampliar capacidade de produção para atender os segmentos de GD e Off Grid

0
531
Turbina de Arquimedes em trânsito/Divulgação

A fabricante de turbinas de Arquimedes, de São Bento do Sul (SC), Arkenergy, pretende ampliar o seu mercado nos segmentos de Geração Distribuída e Off Grid.

Com pedidos em carteira que somam 90% de sua capacidade instalada de oito unidades/ano, a empresa pretende ampliá-la em até 30%, segundo informou a MODAL seu sócio Walter Dawidowicz .

Com  o mercado de GD em franca ascensão, a Arkenergy acredita que tem o produto ideal para a geração de energia em baixas quedas (1 a 8 metros), e potências entre 10 kW e 500 kW, acrescenta Dawidowicz.

Fundada em 2014, a empresa é dirigida  por mais três sócios: Jeferson Weiss, Laerte Lobermayer e Vilmo Lochstein e conta com 10 colaboradores. Com ações de implantação de usinas nos estados do Paraná e Santa Catarina, ela desenvolve projetos em nível nacional, com prospects em populações menos assistidas da região Amazônica.

As vantagens da turbina de Arquimedes, segundo o empresário, são os seus baixíssimos  custos de manutenção e, principalmente, de engenharia civil e fundações, que podem chegar até 70% em comparação a outras turbinas para baixas quedas.

“Nossa meta é solucionar a demanda do agronegócio cujo mercado conta com grandes desafios, mas também com perspectivas promissoras, na medida em que o investidor do agronegócio já detém uma demanda e outorga de água em sua barragem para irrigação que é a mesma usada  para geração de energia com as turbinas de Arquimedes”, diz Dawidowicz.

As usinas em baixa queda serão a solução para a geração de energia para pequenos e médios consumidores, visto que sua concepção exige baixo investimento, e são turbinas que estão de acordo com os novos modelos ambientais, complementa.

Inaugurada em outubro de 2019, Central Geradora Hidrelétrica (CGH) Nicolau Klüppel, de Curitiba, é o case de marketing da Arkenergy. A  turbina da unidade gera cerca de 21.600 kWh/mês, metade da energia mensal consumida pelo Parque Bariguí, onde está instalada. A quantidade seria capaz de suprir o consumo energético de 135 casas médias, com famílias de quatro pessoas. A produção foi injetada na rede da Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel), gerando créditos de energia a serem compensados ao município. A economia na fatura de energia elétrica da prefeitura é estimada em R$ 132 mil por ano.

CGH Nicolau Kluppel

Além da CGH Nicolau Klüppe, a empresa forneceu turbinas para CGH Tomé, de 18 kW (Mafra);  CGH Pomerania, de 130 kW (Pomerode) e  CGH Timbó Grande , duas máquinas de 160 kW (Timbó).

Uma turbina hidráulica Arquimedes tem uma vida útil projetada para mais de 30 anos. Uma de suas vantagens é sua tolerância a detritos. Devido às dimensões relativamente grandes dos vãos entre helicoides do parafuso e à baixa velocidade de rotação, detritos relativamente grandes podem passar sem impedimentos e sem danificar o parafuso e, certamente, todos os detritos pequenos, como folhas, podem passar sem problemas. Isso significa que grades finas e nem limpa grades são necessários na entrada do parafuso.

A turbina pode ser comandada via remoto por App específico, o que torna desnecessário um operador full time. É 100% automatizada e autoajustável, conforme a vazão disponível.

 

 

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui