CCR ViaSul assume a Rodovia de Integração Sul (RIS) e dá início a um novo ciclo na logística gaúcha

2
1074
Freeway inicia novo ciclo administrativo com a CCR

O governador Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul, aproveitou a assinatura do contrato de concessão da Rodovia de Integração Sul (RIS), pela CCR ViaSul, empresa controlada pelo Grupo CCR (SP), para demarcar o objetivo do seu governo em relação ao modal rodoviário.

Em uma demonstração de alinhamento político com o presidente Jair Bolsonaro, Leite teve a oportunidade de avaliar com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, a perspectiva de concussão das obras da BR-116 e da nova ponte do Guaíba.  Apenas a BR-116 necessita de mais R$ 600 milhões para a sua conclusão, segundo dados do Sindicato das Indústrias da Construção de Estradas e Terraplenagem (Sicepot-RS).
Em seu discurso, Leite reafirmou que é preciso o governo precisa se libertar da condição de crise fiscal, o que contamina a economia do RS e prejudica a atração de investimentos. “Por isso, paralelamente a uma agenda de enfrentamento da crise do governo, é fundamental que se tenha uma agenda de crescimento econômico”, afirmou Leite.   Segundo o governador, essa agenda de desenvolvimento está ligada diretamente à concessão de serviços à iniciativa privada e contempla um importante tripé: desburocratização, redução de custos tributários e redução de custos logísticos. “Se o estado não tem capacidade de fazer investimentos de vulto em infraestrutura, nem nós nem o governo federal, temos que ter a ousadia de colocar o pé no acelerador da parceria com o setor privado”, pontuou.

A RIS faz parte do corredor logístico de estradas federais de 473,4 quilômetros que passa por oito municípios do Rio Grande do Sul, englobando as BRs-101,290,386 e 448.

Entre as principais obras previstas da RIS estão a duplicação de 225 km de rodovias, além da recuperação do pavimento e da sinalização em todo o trecho. Com isso, a concessionária deverá gerar mais de dois mil empregos diretos no RS nos dois primeiros anos de concessão. A CCR ViaSul também implantará importantes serviços e modernos equipamentos para ampliar a segurança e o conforto dos usuários.

A concessionária vai instalar iluminação ao longo de 172 km de rodovia, em áreas de travessia urbana, passarelas e em interseções. Além disso, a CCR ViaSul vai implantar um amplo sistema de monitoramento da rodovia, com a instalação de 1.100 câmeras, o que permitirá que não haja nenhum ponto cego ao longo dos 473 km. Com 14 bases operacionais – sendo sete do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) –, a concessionária também vai contar com equipes de resgate em UTIs Móveis, além de outros equipamentos convencionais de atendimento, como guinchos.

A CCR ViaSul vai ainda fazer a operação da ponte-móvel sobre o Rio Guaíba e monitorar, em Centro de Controle Operacional específico, o túnel entre os kms 67 e 69 da BR 101, localizado no município de Maquiné (RS).

A concessionária vai operar sete praças de pedágio – duas delas já existentes, na Freeway, e as demais que serão erguidas até março de 2020. O valor da tarifa básica de pedágio será de R$ 4,30 e o prazo para a empresa iniciar a operação é de 30 dias.  Todo o investimento virá da arrecadação das sete praças de pedágio. Cinco delas serão construídas: quatro ao longo da BR-386 (em Victor Graeff, Fontoura Xavier, Paverama e Montenegro) e uma na BR-101 (em Três Cachoeiras).

As outras duas já existentes ficam na Freeway: em Gravataí e Santo Antônio da Patrulha. Já a BR-448 não terá praça. O valor da tarifa básica de pedágio será de R$ 4,30.   A nova concessão atravessará 32 municípios: Torres, Dom Pedro de Alcântara, Três Cachoeiras, Três Forquilhas, Terra de Areia, Maquiné, Osório, Santo Antônio da Patrulha, Glorinha, Gravataí, Cachoeirinha, Porto Alegre, Canoas, Nova Santa Rita, Montenegro, Triunfo, Tabaí, Taquari, Fazenda Vila Nova, Bom Retiro do Sul, Estrela, Lajeado, Marques de Souza, Pouso Novo, São José do Herval, Fontoura Xavier, Soledade, Mormaço, Tio Hugo, Victor Graeff, Santo Antônio do Planalto e Carazinho.

 

2 COMMENTS

  1. Estou tentando contato com a CCR VIASUL atraves do 0800 0000 290 mas ninguem atente.
    Minha duvida é
    Tenho o SEM PARAR com pagamento em dia e estarei liberado para a cancela.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui