Cobrança de pedágio e os serviços de atendimento aos usuários na freeway voltam depois de sete meses com a CCRViaSul

0
499

Após sete meses e 11 dias, desde o final do contrato da antiga concessionária, a Concepa,, está de volta a cobrança de pedágio na freeway. A partir da 0h desta sexta-feira, 15, a CCR ViaSul inicia a operação nos 98,1 quilômetros da BR 290, trecho que compreende a freeway e ponte do Guaíba. Dessa forma, os usuários da rodovia também terão de volta os serviços de atendimento com UTIs e ambulância de resgate, guinchos leves e pesados, equipes e veículos de inspeção permanente, além do Disque CCR ViaSul 0800 000 0290 para informações e emergências e painéis de mensagens variáveis.
A concessionária inicia a cobrança do pedágio nas praças de Gravataí (km 77) e Santo Antônio da Patrulha (km 19), com tarifa para veículos leves ao valor de R$ 4,40 e R$ 8,80 (cobrança unidirecional), respectivamente.

A autorização para o começo dos serviços foi publicada no Diário Oficial da União na manhã de quarta-feira.    Para o primeiro final de semana de operação na freeway, a CCR ViaSul estima que aproximadamente 85 mil veículos se desloquem ao litoral pela rodovia. Na sexta-feira, 15, a estimativa é de que 55 mil veículos passem pela praça de Santo Antônio da Patrulha em direção às praias. Já no sábado, 16, a previsão é de que 30 mil veículos façam o mesmo deslocamento.

A fim de tornar mais ágil a passagem pelo pedágio e colaborar com a fluidez na rodovia, a CCR ViaSul poderá colocar em prática a operação papa fila, que consiste na cobrança antecipada da tarifa. Além disso, se necessário, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal deverá promover a utilização do acostamento como faixa adicional tanto na ida – entre os km 74 e 59 – quanto na volta do litoral – entre os kms 1,5 e 26. Para tanto, o usuário deve ficar atento aos alertas piscantes localizados ao longo dos trechos, sinalizando a liberação do acostamento para o trânsito de veículos. Além disso, no retorno do litoral, a alça de acesso ao km 5 da freeway será bloqueada quando da utilização do recurso.    Os usuários da Freeway contarão, ainda, com três bases operacionais (kms 19 e 53, em ambos os sentidos, e no km 78, sentido Porto Alegre – litoral) e um SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário) no km 78, sentido litoral – Porto Alegre, além do Centro de Controle Operacional, responsável pela logística dos recursos operacionais no atendimento às ocorrências e monitoramento nos trechos concedidos por meio do contato permanente com as viaturas de inspeção de tráfego.
O CCO atuará 24 horas por dia, todos os dias da semana, agindo com rapidez e eficiência para que o fluxo de veículos mantenha condição ideal de tráfego e os usuários sejam atendidos com agilidade e segurança.   A concessionária também disponibilizará canal de Ouvidoria, que receberá dúvidas, sugestões e reclamações, e site institucional. Por meio do www.ccrviasul.com.br o usuário acompanhará informações das condições do trânsito como bloqueios, intervenções, obras, ocorrências, etc, bem como a programação diária das previsões do içamento do vão móvel da ponte do Guaíba. As informações estarão, ainda, no aplicativo CCR Rodovias, disponível nas plataformas iOS e Play Store.

Além da Freeway, a CCR ViaSul assume a operação do vão móvel da ponte do Guaíba e do túnel Morro Alto, entre os kms 67 e 69 da BR 101, e inicia os trabalhos de recuperação de pavimento, revitalização da sinalização e serviços de conservação nos quatro trechos rodoviários administrados pela concessionária: BRs 101, 290, 386 e 448. Aproximadamente 700 colaboradores estão mobilizados, sendo 300 envolvidos na operação e 400 nas frentes de trabalho de conservação.

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui