CPFL Energia sinaliza início de obras do Lote 11 das Linhas de Transmissão do RS

0
207
Foto: Agência Brasil/ Marcello Casal Jr.

A CPFL Energia estima que as obras da primeira subestação a ser construída como parte dos projetos arrematados no Leilão de Transmissão 004/2018, que fazem parte do Lote 11, deverão iniciar no quarto trimestre deste ano. De acordo com projeções da empresa, será possível dar início à construção antes do previsto pelo cronograma da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na época da concessão, segundo informou a empresa em entrevista por e-mail à Modal.

A empresa reforçou que o andamento de todos os projetos está dentro do cronograma previsto, não havendo registro algum de eventuais atrasos nos prazos da construção.

Segundo o edital do leilão, a entrega das linhas e subestações deve ocorrer em até 48 meses após a assinatura dos contratos, o que inclui 24 meses para a obtenção das Licenças Ambientais de Instalação. Todos os empreendimentos encontram-se na fase de elaboração dos estudos ambientais para a obtenção da Licença Prévia e da Licença de Instalação, informou a empresa.

A Siemens e a IG Transmissão deverão fornecer os equipamentos para os empreendimentos que devem gerar cerca de 870 empregos diretos durante as obras. Será priorizada a contratação de mão de obra local nos casos em que houver trabalhadores especializados disponíveis.

A CPFL Energia criou uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), a CPFL Transmissão Sul II, para implantar e operar os empreendimentos. Com sede em Campinas, a sociedade terá também três filiais no Rio Grande do Sul: em Porto Alegre, Osório e Casca.

O lote 11 do leilão de transmissão 04/2018 da Aneel foi arrematado pela CPFL Geração de Energia S.A, com uma oferta de R$33,8 milhões, correspondente a um deságio de 38,51% em relação ao teto estabelecido pela Agência. Ao total, serão construídos 85,4 km de linhas de transmissão para escoamento do potencial eólico do Rio Grande do Sul. Veja seguir as obras de responsabilidade da CPFL:

SE 230 kV Osório 3 Seccionamento LT 230 kV Osório 2 – Lagoa dos Barros na SE Osório 3 LT 230 kV Osório 3 – Gravataí 3 SE 230/69 kV Porto Alegre 1 TRs 230/69 kV – 3 x 83 MVA (Isolada a SF6 – Nova) LT 230 kV Porto Alegre 8 – Porto Alegre 1 (Subterrânea) LT 230 kV Jardim Botânico – Porto Alegre 1 (Subterrânea) SE 230/138 kV Vila Maria ATFs 230/138 kV – 2 x 150 MVA Seccionamento LT 230 kV Passo Fundo – Nova Prata 2 C1 e C2 na SE Vila Maria

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui