Governo do RS divulga informe sobre situação das barragens no estado

PCH Salto Forqueta - Certel

O governo do Estado monitora, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a situação das barragens no Rio Grande do Sul.

Dados parciais divulgados, nesta quinta-feira (9/5), apontam que seis estruturas estão em situação de emergência, apresentando risco de rompimento e já com ações de resposta em andamento.

Barragens monitoradas pela Aneel

Nível de Emergência
Risco de ruptura iminente, exigindo providências para preservar vidas:

  • UHE 14 de Julho, em Cotiporã e Bento Gonçalves
  • PCH Salto Forqueta, em São José do Herval e Putinga

Nível de Alerta
Quando as anomalias representam risco à segurança da barragem, exigindo providências para manutenção das condições de segurança:

  • Não há usinas em nível de Alerta.

Nível de Atenção
Quando as anomalias não comprometem a segurança da barragem no curto prazo, mas exigem monitoramento, controle ou reparo no decurso do tempo.

  • UHE Dona Francisca, em Nova Palma
  • UHE Castro Alves, em Nova Roma do Sul/Nova Pádua
  • UHE Monte Claro, em Bento Gonçalves/Veranópolis
  • UHE Bugres – Barragem Divisa, em Canela
  • UHE Bugres – Barragem do Blang, em Canela
  • UHE Canastra, em Canela
  • PCH Furnas do Segredo, em Jaguari

Barragens monitoradas pela Sema

Nível de Emergência

  • Barragem de São Miguel, em Bento Gonçalves
  • Barragem Saturnino de Brito, em São Martinho da Serra
  • Barragem do Arroio Barracão, em Bento Gonçalves
  • Barragem Santa Lúcia, em Putinga

Nível de Alerta

  • Barragem Capané, em Cachoeira do Sul

Nível Atenção

  • Barragem do Saibro, em Viamão
  • Barragem A – Assentamento PE Tupy, em Taquari
  • Barragem Filhos de Sepé, em Viamão
  • Barragem do Assentamento PE Belo Monte, em Eldorado do Sul

 

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Publicidade