Honda inicia obras de expansão do parque eólico de Xangri-Lá

0
193
Parque eólico da Honda em Xangri-Lá

As obras de expansão do parque eólico Honda Energy, localizado em Xangri-Lá iniciaram neste mês e tem prazo de conclusão para o segundo semestre. Com a construção de um décimo aerogerador, a capacidade instalada irá aumentar dos atuais 27,7 MW para 31,7 MW. Ao todo, 80 trabalhadores foram contratados pela Construtora Toda para a obra. Os equipamentos são da Vestas.

Desde o início das atividades do parque, inaugurado em novembro de 2014, a Honda já evitou a emissão de mais de 30 mil toneladas de CO2 na atmosfera. O projeto, primeiro do setor automotivo nacional e do grupo Honda no mundo, já acumula a geração de mais de 344 mil MWh e possibilitou a produção de mais de 600 mil automóveis com energia limpa e renovável.

Os equipamentos estão entre os maiores do Brasil. As torres têm 94 metros de altura e o ponto mais alto do conjunto alcança 150 metros. As 27 pás, por sua vez, possuem 55 metros e 15 toneladas cada.

“O parque eólico Honda Energy representa o compromisso da marca para garantir uma sociedade livre de emissões de carbono e um futuro sustentável para as próximas gerações. Os resultados comprovam a solidez do projeto e destacam o pioneirismo da Honda Automóveis como uma empresa autossuficiente em energia limpa e renovável”, afirma Otavio Mizikami, presidente da Honda Energy do Brasil e vice-presidente industrial da Honda Automóveis.

A energia proveniente da Honda Energy supre a demanda energética da unidade de Sumaré, no interior de São Paulo, onde estão localizados a fábrica de automóveis, o Centro de Pesquisa & Desenvolvimento de Automóveis e o escritório sede da marca. A estrutura atende ainda o escritório administrativo da empresa em São Paulo (SP).

Segundo nota enviada por e-mail a MODAL, a visão de futuro da Honda é de uma sociedade em que haja o mínimo impacto ambiental. Por isso, a empresa incorpora em sua estratégia corporativa a preocupação e respostas efetivas às mudanças climáticas, questões energéticas e utilização eficiente de recursos naturais.

Empresa vai reduzir metade de emissões de CO2 até 2050

“O investimento constante em ações que reduzam os impactos ambientais é premissa em toda a operação, tanto que a empresa anunciou em 2011, a meta global de reduzir pela metade suas emissões corporativas de CO2 até 2050, em comparação com os níveis do ano 2000. Esse compromisso permeia a definição de todas as atividades da empresa e alinhado à estratégia global, o Brasil tem como grande destaque o parque eólico da Honda Energy”.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui