Licitações e leilões públicos impulsionaram em 80% a capacidade atual de energia renovável na AL e Caribe

0
36

Foi divulgado durante o México WindPower 2020 um relatório conjunto da Organização Latino-Americana de Energia (OLADE) e o Conselho Global de Energia Eólica (GWEC) sobre financiamento de projetos de energias renováveis em que foi apurado  que mais de 80% da capacidade atual de energia renovável na América Latina e no Caribe foi conduzido por licitações e leilões públicos.

Como um dos primeiros relatórios desse tipo, fornece uma visão abrangente e análise das estruturas de financiamento nos principais mercados da América Latina e do Caribe. O relatório fornece insights profundos sobre os mecanismos de financiamento de projetos de energia renovável, como leilões e Contratos de Compra de Energia (PPAs), que estão em vigor em diferentes mercados da região e fornece recomendações sobre as melhores práticas para estruturar esse mecanismo para continuar acelerando as energias renováveis.

Alfonso Blanco, secretário executivo da OLADE, afirmou que  as energias renováveis têm crescido exponencialmente na América Latina e no Caribe nas últimas décadas, graças aos leilões. “Embora não exista uma solução única para mecanismos de financiamento, pois eles devem ser adaptados ao contexto local, por meio deste estudo, encontramos elementos-chave que podem ajudar a garantir que o mercado de leilões ou CAE seja bem-sucedido”.

Como exemplo ele citou  a construção de leilões específicos de tecnologia, bem como contratos de PPA de longo prazo e em dólares americanos, que podem ajudar a garantir uma concorrência saudável, garantir o interesse dos licitantes e criar transparência e estabilidade para os níveis de investimento e tamanho do mercado. “Criar as estruturas de financiamento certas para as energias renováveis é essencial para garantir benefícios socioeconômicos e uma descarbonização econômica de nossos sistemas de energia, e estamos confiantes de que as conclusões deste relatório podem fornecer um roteiro para os países da região conseguirem isso. ”

Ben Backwell, CEO da GWEC, disse que a transição do Feed in Tariffs (FiTs) para o leilão tem sido um importante ponto de virada em muitos mercados para ajudar a reduzir o custo nivelado de energia (LCOE) de energia renovável por meio de concorrência maior e transparência de preços.  “ Isso foi claramente demonstrado na América Latina e no Caribe, onde vemos alguns dos preços mais baixos do mundo para energia eólica e solar, com o preço médio da energia eólica diminuindo em 46% em média na região desde 2016, quando vimos um aumento no leilões. No entanto, para que os leilões funcionem e sustentem o crescimento a longo prazo, deve haver um nível de certeza e regularidade para preservar a confiança da indústria e dos investidores no mercado ”.

“Também vemos os PPAs desempenhando um papel cada vez mais importante na geração de energia renovável na América Latina e no Caribe, mas, semelhante aos leilões, o mercado de PPA exigirá uma visão de longo prazo para continuar a criar preços transparentes e baixos para as energias renováveis. projetos e atrair investidores. Se conseguirmos acertar esses dois mecanismos de financiamento, prevemos que 70GW de capacidade de energia eólica poderão ser instalados até 2030 na região, representando 12% da capacidade total de eletricidade ”, acrescentou.

 

 

 

 

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui