Norte Administração, em sequência à sua expansão em nível nacional, anuncia o início de obras da PCH Jambo (RJ)

0
92
PCH Jambo, início de obras

A Norte Administração e Finanças Ltda., de  Pinhalzinho (SC), iniciou a construção da PCH Jambo no município de Santa Maria Madalena, localizado a 218 km do Rio de Janeiro. De 14 MW de potência, a unidade deverá operar com 8,35 MW/ médios, com prazo de conclusão em abril de 2023. O projeto está sendo desenvolvido em parceria com as empresas Múltipla e HBO que atuam como investidores de sua carteira. Ao total serão investidos cerca de R$ 100 milhões, dos quais 30% de recursos dos próprios acionistas, com o restante de financiamento.

A  Norte atua na gestão administrativa e financeira da SPE, enquanto a  Siton é a responsável pela construção; a  Estelar Engenheiros Associados  pela engenharia do proprietário e projeto executivo, e a Profiza pela parte contábil – todas empresas são de Santa Catarina.

Rousty Rolim de Moura, diretor da Norte, destaca que os empreendimentos de PCHs no Brasil representam um “grande desafio”, devido à elevação dos custos de uma série de insumos, além das altas taxas de juros, e isso implica “cuidados redobrados” no planejamento. “No caso da PCH Jambo, montamos uma parceria de sucesso entre a Norte, Estelar e Siton para viabilizar o empreendimento, que está cadastrado para os próximos leilões A-5 e A-6”, afirmou. “Vários itens, como ferro, concreto e outros foram meticulosamente calculados para garantir a rentabilidade aos investidores”.

Loris Bigolin, investidor de Chapecó (SC), que faz parte da SPE PCH Jambo, afirmou que a unidade representa uma diversificação de seus investimentos entre regiões do Brasil. Além desse ativo, o grupo econômico está implantando a CGH Imbé, de 5 MW, no mesmo município de Santa Maria Madalena.

Ainda neste ano, a Norte Administração e Finanças Ltda. e seus investidores deverão concluir a CGH Salto Formoso, de 0,47 MW, localizada no rio Formoso, na bacia do Paraíba do Sul, entre os municípios de Paiva e Aracitaba, em Minas Gerais, e a CGH Barra da Europa, de 4,6 MW, situada entre os rios  Pesqueiro e Burro Branco, na divisa dos municípios União do Oeste e Pinhalzinho (SC).

A Norte também participa da PCH Alto Garcia, de 2 MW, no rio Garcia, em Angelina (SC), cuja conclusão está prevista para o final deste ano. Em Minas Gerais, a empresa participa da fase de implantação das CGHs Fazenda Cachoeira, de 2,2 M W, e Couro de Cervo, de 1,0 MW. No Rio de Janeiro, atua  na confecção do grupo de investidores da CGH Paranauna, de 5,0 MW.

Com forte atuação no segmento de geração hídrica, com CGH’s de até 5 MW,  de propriedade vitalícia, e PCH’s,  entre de 5MW a 30 MW, com concessão de 35 anos de exploração, a Norte iniciou suas atividades com a  PCH Pito, de 4,4 MW, localizada no rio Lajeado, no município de Campos Novos(SC), em operação desde dezembro de 2015.

Na sequência, implantou a CGH Aparecida, de 3 MW, no rio Pesqueiro, no município de Jardinópolis (SC), a PCH Coração, de 4,6 MW, no rio Burro Branco, entre os municípios de Águas Frias e Pinhalzinho (SC), em operação desde junho de 2019.

Em 2018 formatou o grupo de desenvolvimento da PCH Tupitinga, de 24 MW, no rio Santa Cruz, em Campos Novos (SC), que iniciou a operação comercial em dezembro de 2019. A empresa também faz a gestão administrativa e financeira da CGH Arabutã, de 2,2 MW, no rio Jacutinga, no município de Arabutã, SC.

Além das novas unidades em construção, a empresa, em conjunto com os demais investidores, a Norte participa de projetos em PCH’s, atualmente em fase de licenciamento em um total de mais de 143 MW. Assim como acaba de adquirir participação em um empreendimento em Santa Catarina, a PCH Arrozeira Meyer, de 24 MW, que irá participar dos leilões A-5 e A-6.

Atualmente, a empresa opera a gestão e finanças e participa como investidora em um total de  38,2 MW e mais 35 MW em implantação.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui