Novo controlador do Salgado Filho deverá investir R$ 1 bilhão em nova pista

0
1579

Incluído no leilão de concessões de aeroportos do PIL 2 (Programa de Investimento em Logística) do governo federal, marcado para abril de 2016, o Aeroporto Salgado Filho completou no final de julho 12,84% das obras de reforma e ampliação do terminal de passageiros, com investumentos de R$ 28,2 milhões. O empreendimento está com sua conclusão prevista para janeiro de 2017, período em que o aeroporto já contará com o novo controlador. A retomada das obras do terminal de logística ainda permanece com o processo licitatório  em andamento, devendo ser revisto pela Infraero em razão da concessão do Salgado Filho à iniciativa privada, assim como a ampliação da pista de decolagem estimada entre R$ 700 milhões e R$ 1 bilhão.
Com a nova estrutura planejada, o terminal será ampliado dos atuais 6.329 metros quadrados para 18.305 metros quadrados. A capacidade total passará de 37 mil toneladas para 91 mil toneladas, das quais 19 mil para a importação; 27 mil para exportação e 45 mil toneladas para carga nacional. O investimento total era estimado em R$ 98,3 milhões, a valores de 2013. A primeira licitação para o empreendimento foi vencida em janeiro de 2013 pelo consórcio DP Barros-São Paulo Engenharia. Entretanto, o contrato foi rescindido pela Infraero que alegou descumprimento do cronograma proposto.
No lado ar, que atende o pátio das aeronaves, 40% das obras já foram concluídas, com  conclusão prevista para fevereiro de 2016. O investimento é estimado em R$ 70 milhões de recursos da Infraero. O Salgado Filho conta hoje com 50 balcões de check-in no terminal 1 e 22 no terminal 2. O terminal  1 opera em uma área de 36.420 metros quadrados, com capacidade para 12 milhões de passageiros. O terminal 2 conta com uma área de 12 mil metros quadrados, com capacidade para 3,3 milhões. Ao todo, operam nove companhias áreas: American Airlines, Austral, Avianca, Azul, Copa, Gol, Tam, TAP e Taca.
Em 2014, o Salgado Filho teve um incremento de 23,7% no movimento de passageiros internacionais, com um total de 614.466, diante de 496.925 do ano anterior. O movimento doméstico evoluiu 4,5%, com um total de 7.832.914 passageiros, diante de 7.496.238.  No total, o ano encerrou com um incremento de 5,7% em comparação a 2013. No primeiro semestre de2015, o movimento de passageiros domésticos teve um incremento de 3,2% sobre igual período do ano anterior, com 3.868.122 passageiros, diante de 3.748.991. Na área internacional houve uma queda de 12,4% em comparação ao igual período do ano anterior, com 263.704 diante de 300.903 do primeiro semestre de 2014. De janeiro a julho de 2015 desembarcaram 129.878 estrangeiros em Porto Alegre, diante de 150.102 de igual período do ano anterior. Em 2014 desembarcou na capital do Rio Grande do Sul um total de 298.375 estrangeiros.
Construção de hotel está na fase de projetos
O concessionário Spieker & Ghisleni Ltda., do Hotel Laghetto, cumpriu os prazos e teve aprovados pela equipe de engenharia da Infraero os projetos referente à primeira fase do empreendimento.   No momento, está em andamento o prazo para apresentação dos projetos referentes à segunda etapa da obra, relativa ao projeto executivo da disciplina de arquitetura e de todas as demais disciplinas necessárias , juntamente com o orçamento detalhado, contendo a composição dos preços. O concessionário ainda submeterá à Infraero o Estudo de Viabilidade Urbanística (EVU).  O prazo para a construção do hotel é de 18 meses após todas as aprovações dos órgãos externos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui