Prolux viabiliza a migração ao mercado livre de energia aos maiores grupos empresariais do Brasil

0
396
Painéis elétricos em preparo na fábrica da Prolux para atender aos clientes que estão migrando ao mercado livre de energia

Referência nacional em serviços relacionados ao sistema de medição de faturamento (SMF) de energia elétrica, a Prolux é líder no segmento de clientes que migraram ao mercado livre de energia. Em toda sua história, foram adequadas em torno de 3.000 unidades consumidoras, representando 18,5% das unidades atualmente classificadas como consumidores livres.

Segundo dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), no final de 2019, havia o número total de 16.104 unidades consumidoras de energia livre do Brasil. Apenas em 2019, 3171 unidades consumidoras aderiram a essa modalidade, o que representa um aumento de 21% em relação ao ano anterior.

A Prolux Engenharia vem acompanhando a evolução desse mercado e se capacitando para manter-se como referência e contribuir no processo de migração.  Apenas no primeiro semestre de 2020, a empresa foi contratada para a adequação de cerca de 500 unidades consumidoras, representando um crescimento de aproximadamente 15% em relação ao segundo semestre de 2019, informou Lucas Duarte Rodrigues, gestor comercial da empresa.

Dentre essas unidades, estão os maiores grupos empresariais do Brasil, como, por exemplo, Walmart, Grupo Pão de Açúcar, Via Varejo, Banco Santander, Grupo Zaffari, Burger King, Lojas Marisa, Lojas Renner, Lojas Riachuelo, Lojas Torra, entre outros.

Para a migração ao mercado livre de energia a Prolux atua em conjunto com as gestoras de energia, diz Rodrigues. “Nesse dueto, a empresa executa toda a parte técnica, enquanto a gestora viabiliza a contratação de energia e demais trâmites burocráticos. O serviço de adequação do SMF é uma etapa fundamental do processo de migração ao mercado livre. Isso porque, caso ele não seja executado conforme regras técnicas e dentro do prazo estipulado, tende a gerar prejuízos financeiros ao consumidor final”, acrescenta. “Desta forma, se torna essencial a contratação de uma empresa que garanta a entrega do serviço de adequação do SMF com a qualidade necessária”.

Adicionalmente ao serviço de migração ao mercado livre, a Prolux apoia os grandes consumidores e as gestoras de energia quando necessitam ampliar o fornecimento de energia para unidades existentes ou em novos empreendimentos. Com um quadro de colaboradores qualificados e com experiência comprovada, atua como a engenharia do cliente, dando suporte nas etapas de estudos de viabilidade, planejamento, execução e fiscalização da obra de conexão à rede elétrica, podendo englobar a construção de subestações de energia, linhas de transmissão e tratativas com os agentes responsáveis.

A atuação da Prolux nesse segmento garante não somente o atendimento aos requisitos técnicos, mas um benefício ao cliente final relacionado a prazos e custos. “A Prolux se coloca ao lado do cliente nas negociações com órgãos regulamentadores e fornecedores, de forma a reduzir em até 25% o tempo de entrega das etapas e em 20% os custos totais do empreendimento”, conclui Rodrigues.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui