Vetorlog fortalece área comercial de olho em novos investimentos em geração e em uma crescente demanda por eficiência energética em 2020

0
252
Vetorlog prevê expansão do mercado de eficiência energética no Brasil

Nesses tempos em que a gestão de energia é um elemento decisivo para sair definitivamente da crise econômica, além de ser um requisito indispensável para a sustentabilidade do meio ambiente, a Vetorlog, empresa de tecnologia especializada em inteligência de medições no setor elétrico, com sede em Curitiba (PR), percebe uma ascensão do segmento de consumidores, cada vez mais conscientes sobre a evolução nos preços das tarifas e formas de atenuá-las.

De acordo com Marcelo Otte, CEO da empresa, os serviços de maior valor agregado da Vetorlog ainda são aqueles voltados para as empresas de geração. Entretanto, o segmento de consumidores vem crescendo de forma exponencial.  “A vantagem para os consumidores que investem na contratação da Vetorlog é de poderem contar com ferramentas que vão além da simples medição da energia, mas focadas na produtividade de seu uso em seus processos, na previsibilidade financeira e segurança dos dados”, diz.

A realidade mostra, segundo o executivo, que não basta “economizar” em valores nominais. O que vale mesmo é a produtividade, ou seja, a busca da economia na energia utilizada para cada “unidade” produzida. Para exemplificar, ele narra o caso que une tanto a questão da produtividade quanto do sistema integrado (geração/consumo), de um cliente que produzia sua própria energia com equipes independentes de operação da usina (gerador) e da fábrica (consumidor), em que cada uma buscava ser o mais eficiente possível, o que incluía fazer o gerador funcionar com Fator de Potência igual a 1.

“Ocorre que em determinadas situações, geração e consumo se equivaliam e, como sempre, havia alguma componente reativa no consumo que era repassada à rede da distribuidora sem haver consumo associado. E isso fazia com que o Fator de Potência chegasse próximo a zero e fossem aplicadas penalidades consideráveis, que chegavam, em alguns meses, à ordem de R$ 100 mil, o que foi resolvido pela empresa, graças às informações obtidas pelo sistema da Vetorlog” explica Otte.

O fato de a Vetorlog  não focar apenas nos montantes de energia, mas também na composição de seu custo, remete o executivo a lembrar  casos de erros de faturamento das distribuidoras, que são detectados e ressarcidos graças aos relatórios da Vetorlog.

“Para citar um caso prático, um cliente de SC, que foi vítima de um erro de faturamento e rapidamente obteve o ressarcimento, poderá quitar quase 20 anos de mensalidades Vetorlog apenas com o valor que deixou de pagar”, destaca.

No caso da gestão de ativos de geração, segundo Otte,  o papel da Vetorlog é prover informações online de alta confiabilidade para que os gestores possam avaliar o desempenho da usina e tomar ações para que ela se torne ainda mais eficiente.

Segundo ele, o grande trunfo de quem contrata o pacote mais completo de serviços é a garantia de que toda a energia gerada será devidamente contabilizada, praticamente um seguro contra dados faltantes na medição e contra penalidades que possam vir a ser aplicadas à usina pela CCEE. “Temos orgulho de já ter “salvo” dezenas de GWh de nossos clientes que, não fossem pelas ferramentas e serviços da Vetorlog, seriam perdidos em falhas de medição e contabilização”, afirma .

Apesar de ainda perceber o empresariado “ressentido da crise”,  a percepção da empresa para 2020 é de uma conjuntura mais favorável para investimentos devido à estabilidade da inflação e queda na taxa de juros, mas também pelas ações de desburocratização que vem sendo implementadas.

Com um crescimento de 15% em 2019 em comparação ao ano anterior, a Vetorlog estabeleceu para 2020 a meta de um incremento de 20%. “Essa é a ideia e para isso estamos fortalecendo nossa área comercial, pois apostamos na retomada dos investimentos em ativos de geração e em uma crescente demanda por eficiência energética e por uma disponibilidade maior de dados estruturados para análise. Ferramentas de tecnologia não serão apenas desejáveis, mas indispensáveis para quem almeja atingir patamares ótimos de desempenho”, completa Otte.

Fundada em abril de 2011, a empresa atua em todo território nacional, com mais de 300 clientes distribuídos em vários estados brasileiros, de forte atuação nos setores de energias renováveis – especiais e incentivadas – com destaque para as PCHs.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui