Viaduto na BR-116, em Guaíba, construído pela Concepa, reduz acidentes em 86% e evita mortes

0
905
Viaduto construído pela Concepa/Divulgação

Última obra prevista no contrato original de concessão, o viaduto construído pela Triunfo Concepa no km 296 da BR-116, em Guaíba, junto à avenida Dr. Nei Brito, completou um ano em 12 de agosto sem registrar nenhum acidente fatal no local, por onde passam cerca de 22 mil veículos diariamente. A quantidade de acidentes, no período, caiu 86%,  passando de 22 para três. O viaduto fica perto ao acesso para o bairro Santa Rita e liga a área industrial de Guaíba com a BR-116, e representa um elo entre a capital e o Porto do Rio Grande.

“O balanço deste primeiro ano do viaduto comprova que essa era uma obra de muita importância para a região, no sentido de dar mais segurança a quem trafega pelo trecho, já que separa o tráfego de longa distância do local. Além disso, o trabalho em conjunto com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (Antt) e a Polícia Rodoviária Federal contribuíram para os bons resultados”, afirmou o gerente de engenharia e de operações da Triunfo Concepa, Fábio Hirsch.

No total, foram investidos na obra cerca de R$ 30 milhões , a valores de julho de 2015, incluindo a rua lateral, construída pela concessionária, de 3,2 quilômetros de extensão, que liga o bairro Santa Rita à avenida Nestor de Moura Jardim.

Histórico
A construção do viaduto da Nei Brito passou a constar no contrato de concessão da Triunfo Concepa, após pedidos feitos pelo governo do estado e pela prefeitura local.  O projeto teve início em 2005, quando o trecho da BR-116, em Guaíba, passou a fazer parte da concessão da  Triunfo Concepa. Desde então, a empresa duplicou 8,7 quilômetros de rodovia, recuperou o pavimento da pista existente e construiu trevo com viadutos na chegada a Guaíba, com iluminação, no km 300. No total, foram investidos em obras no trecho entre Eldorado do Sul e Guaíba cerca de R$ 130 milhões, a valores de julho de 2015, além de prestação de atendimento médico, mecânico, manutenção da rodovia e recolhimento de ISS ao município.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui