BRDE do RS vai financiar R$ 445 milhões em projetos de energias renováveis

0
716
Foto: divulgação Palácio Piratini

Um total de R$ 455,75 milhões de linhas de financiamento será aplicado pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) em projetos de energias renováveis no Rio Grande do Sul, por meio do programa (Produção e Consumo Sustentáveis), correspondente a um investimento de R$ 2,239 bilhões. O anúncio foi feito nesta quinta-feira(26/11) pelo governador José Ivo Sartori, em solenidade no Palácio Piratini. O contrato firmado com a Eletrosul Centrais Elétricas S.A., para o empreendimento do Parque Eólico Hermenegildo, em Santa Vitória do Palmar e Chuí, prevê a liberação de R$ 150 milhões de linhas do BRDE e R$ 346 milhões do BNDES, de um total de investimentos de R$ 1,038 bilhão. O restante será completado com recursos próprios do empreendedor.

O Parque Eólico Hermenegildo faz parte do Complexo Eólico Campos Neutrais que reúne três grandes parques: Geribatu (258 MW- 129 aerogeradores), Chuí ( 144 MW- 72 aerogeradores) e Hermenegildo (181 MW 101 aerogeradores), que somam 583 MW de capacidade instalada.

Atlantic Energias Renováveis

 Os diretores do BRDE também assinaram o enquadramento da carta consulta da empresa Atlantic Energias Renováveis, de Curitiba, que deverá investir igualmente R$ 1,055 bilhão em empreendimento de energia eólica, dos quais R$185 milhões de financiamento do BRDE, R$ 315 milhões do BNDES, com o restante de recursos próprios. A Atlantic Energias Renováveis é uma empresa holding que atua no desenvolvimento, implantação e operação de projetos de geração de energia elétrica proveniente de fontes renováveis. Desde a fundação em 2009, a empresa atua nos Ambientes de Contratação Regulada (ACR) e Contratação Livre (ACL). A Atlantic possui três projetos eólicos em operação: os parques Eurus II e Renascença V, no Rio Grande do Norte; e o Complexo Eólico Morrinhos, na Bahia. O complexo de Santa Vitória do Palmar, no Rio Grande do Sul, e o Complexo Eólico Piauí, estão em fase de implantação.

PCHs e biomassa

Na geração de biomassa, o BRDE firmou contrato de R$ 40 milhões com a empresa São Sepé Geração, para a construção de uma usina termoelétrica a partir do processamento da casca de arroz, com capacidade de geração de 8,5 MW, no município de São Sepé. O total do investimento será de R$ 48 milhões, dos quais R$ 8 milhões de recursos próprios. Outros projetos que deverão receber financiamentos do BRDE são: Carolina Geração, localizada nos municípios de André da Rocha e Muitos Capões, correspondente a R$ 5,20 milhões de um total de R$ 5,80 milhões de investimentos em linha de transmissão de PCH; 27,68 milhões de um total de R$ 33,87 milhões destinados à construção da PCH Hidrelétrica Morro Grande-Anhambi (Muitos Capões); R$ 33,02 milhões, de um total de R$ 40,55 milhões na construção da Hidrelétrica Jardim-Anhambi (André da Rocha).

Para a construção de redes de transmissão da Cooperativa de Eletrificação Centro Jacuí (Celetro), de Cachoeira do Sul, o BRDE deverá liberar financiamentos de R$ 4,77 milhões, de um total a ser investido de R$ 5,30 milhões. Para a Santo Antônio Geração de Energia, de São Domingos do Sul, as linhas de crédito serão de R$ 4,77 milhões, de um total de R$ 5,30 milhões. Para a Fochezzan Energia, de Nova Bassano, serão aplicados R$ 5,31 milhões de um total de R$ 7,50 milhões. Do total a ser financiado pelo banco R$ 355 milhões serão destinados à energia eólica, com o restante para os demais projetos.

BRDE PCS

O BRDE PCS foi criado para incentivar a adoção de conceitos e práticas de desenvolvimento sustentável. O programa está estruturado em cinco subprogramas: energias limpas e renováveis, uso racional e eficiente da água, gestão de resíduos e reciclagem, agronegócio sustentável, e cidades sustentáveis.

 

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui