Presidente da Fiergs afirma que os investimentos em ferrovias no estado são urgentes

0
343
Heitor Müller/Divulgação

Precisamos investir urgentemente no modal ferroviário do Rio Grande do Sul, sob o risco de agravarmos o nosso custo logístico”, declarou a MODAL Heitor Müller, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), ao comentar as propostas do grupo de trabalho criado pela Secretaria dos Transportes, com o intuito de potencializar o modal ferroviário no estado.

Müller lembrou que em todos os anos quase toda a soja com destino ao Porto do Rio Grande passa pelas rodovias, o que resulta em altos custos com o frete, prejudicando a renda do agricultor. “É preciso remodelação e investir em novas linhas férreas, incluindo vários sub-trechos dos troncos existentes, para que esse modal possa competir com as rodovias”, avaliou.São investimentos com retorno garantido e capaz de atrair novos projetos ao estado, tanto no setor agrícola como industrial.”

O dirigente destacou que, em 2012, foi divulgado o projeto Sul Competitivo, encomendado pela Fiergs em parceria com as Federações das Indústrias do Paraná e Santa Catarina (Fiep, Fiesc) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI), sobre as condições da infraestrutura na região Sul. O levantamento concluiu que são necessários R$ 70 bilhões para investir em 177 projetos estratégicos para aumentar a competitividade do setor produtivo dos três estados.  O Sul Competitivo elencou prioridades e selecionou 51 obras nos setores ferroviário, rodoviário e de portos, que somam cerca de R$ 15,2 bilhões. Segundo as conclusões do trabalho, esses investimentos evitarão gastos anuais de R$ 3,4 bilhões, o que equivale a 80% das perdas totais em função do déficit de infraestrutura de transportes verificados atualmente na região.

 

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui