Vacaria discute com governo do estado transferência de outorga do aeroporto para viabilizar PPP

0
48
Pista do aeroporto de Vacaria/Divulgação

O mercado gaúcho de transporte aéreo está muito perto de ganhar, ainda neste ano, a sua primeira parceria público-privada (PPP). Trata-se do aeroporto regional dos Campos de Cima da Serra, Enore Angelo Lucian Mezzar, de Vacaria, maior produtor nacional de maçãs.  Ainda em fevereiro será concluída a obra do terminal de passageiros de 166,68 m² cujos recursos, de R$ 351.306,64, foram repassados pelo governo federal ao governo do estado por meio da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide).  A próxima etapa será a pavimentação do estacionamento, a contratação de uma empresa para elaborar o projeto de iluminação da pista para pouso e decolagens e, na sequência, a sua instalação.
Tratativas
De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento, Tecnologia, Trabalho e Turismo, Mario Almeida, o município, que detém a administração do aeroporto, está em tratativas com o governo do estado para a transferência de outorga  a fim de viabilizar a PPP. A estimativa de investimento para operar 24h, segundo o secretário, é de cerca de R$ 7 milhões, incluindo a estação de rádio/comunicação e a estrutura necessária para o Corpo de Bombeiros. “Estamos em uma grande mobilização com os deputados federais para conseguir emendas parlamentares  para ajudar nesta causa”, pontua o secretário.
Hoje, o aeroporto opera somente durante o dia, em condições climáticas favoráveis e sem a necessidade do auxílio de instrumentos.

Melhor pista do interior
Considerada a melhor do interior do estado, a pista está a 11 quilômetros de Vacaria, às margens da BR-285. Além disso, a conclusão da BR 285 reduzirá para 2h30m a distância da BR 101, onde está localizado o Porto de Imbituba (SC), hoje um dos de maior custo-benefício em termos da logística. Os empresários dispostos a investir também terão à disposição 90 hectares de área plana, próxima ao aeroporto.  “Com todas essas vantagens de se investir em Vacaria, temos a certeza de que muito em breve o aeroporto estará em funcionamento”, garante o secretário.
Projetado nos anos 90 para descentralizar as cargas aéreas, diante da exaustão do Aeroporto Salgado Filho, o aeroporto de cargas de Vacaria foi construído ao longo de 15 anos e concluído em 2010, no governo Yeda Crusius.

PROFAA
O projeto começou em 1996, no governo Antonio Britto, com recursos do Programa Federal de Auxilio a Aeroportos (PROFAA), que oferece apoio financeiro para o atendimento às necessidades de implantação, melhoramento, reaparelhamento, reforma ou ampliação dos aeroportos de interesse estadual ou regional. Depois de um interregno de quatro anos, foi no governo José Ivo Sartori que o empreendimento ganhou novo fôlego a partir da licitação do terminal de passageiros.
Dados da pista:
Código da Pista 3C com dimensões de 2.20 metros de comprimento x 30 metros de largura; Taxiway com 235m x 23m e pátio de aeronaves com 130m x 97m; Aeronave de projeto: Boeing 737 700.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome aqui